sábado, 10 de maio de 2008

Utopia


Corre, corre, doce Amor
Corre Mundo sem parar
Via aonde haja dor
Tristeza, solidao ,Rancor
Vai a todo o lugar

Corre, corre doce Amor
Atravessa rios, lagos e Mares
Contagia todos os corações
Sem olhar a raças, credos e religiões
Faz com que todos se sintam apaixonar
Sem lugar para excepcões

Corre, corre doce amor
Voa, espalha-te pelo ar
Para que todos tenham que te respirar
Esquecendo guerras, odio e violencias
Vivendo só para o Amor gozar
Num mundo de eterna felicidade
Onde todos se saibam respeitar

Corre, corre doce Amor
Corre Mundo sem parar
Corre, corre doce Amor
Voa, espalha-te pelo ar
Poema Inedito de Henrique Mario Soares

2 comentários:

Hélder disse...

Será mesmo uma utopia?
Quero acreditar que não. Gostei do teu blog, virei cá mais vezes, continua assim.
Beijos

Ana Paula Leite disse...

Acho que depende de todos nos, mas da forma como o ser humano pensa hoje em dia, acho que cada vez mais "Utopia" e a palavra que melhor se encaixa. Obgda pela tua visita e espero que continues a passar regularmente pelo meu blog pois temos algumas coisas em comum, tal como o Signo e algo mais....
Mais uma vez obgda Helder